Banner

⠀

Goiânia: Vereador quer a instalação de barreira de proteção acrílica em ônibus


Medida tem como objetivo evitar a propagação da Covid-19 e impedir a contaminação dos motoristas do transporte coletivo da capital

Proposta foi apresentada nesta quinta-feira, 15/04, na Câmara Municipal de Goiânia, e segue para aprovação

As empresas que gerenciam o transporte coletivo de Goiânia podem ser obrigadas a instalar uma barreira de proteção acrílica nos ônibus públicos da capital. A medida foi solicitada nesta quinta-feira, 15/04, pelo vereador Juarez Lopes (PDT) através de um projeto de lei.

O parlamentar, que também é presidente a Comissão de Fiscalização do Transporte Coletivo, justifica que a proposta foi criada pensando na segurança dos trabalhadores que, desde o início da pandemia, há mais de um ano, não pararam de trabalhar, visto que a atividade é considerada essencial para o funcionamento da cidade.

A falta de proteção necessária teria provocado a infecção de mais de 500 motoristas e a morte de dezenas decorrentes do coronavírus, segundo informação da RMTC.

Infelizmente nos últimos meses os motoristas têm circulado apenas com a máscara e o álcool gel como medida de segurança. Os acontecimentos recentes têm mostrado que isso não é suficiente com toda essa situação de pandemia que estamos vivenciando. Precisamos tomar medidas que de fato ajudam essa classe tão importante”, explicou o vereador.

Juarez ainda conta que o projeto tem como finalidade tentar amenizar a calamidade social que a cidade vive enquanto a vacina contra a Covid-19 não está disponível para todos. “Se a gente protege nossos motoristas, a gente também está garantindo a segurança da família dele e também dos pais e mães de famílias que usam o veículo como meio de transporte diário para se locomoverem”, contou.

Estamos com a expectativa de garantir imunização para todos, principalmente para os profissionais que trabalham em serviços que são considerados essenciais e estão arriscando suas vidas diariamente, mas enquanto isso não acontece, precisamos garantir a segurança de outra forma”, completou o vereador Juarez Lopes.

A medida segue agora para aprovação na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Municipal da capital. Logo em seguida, será votada pelos vereadores e, se aprovado, segue para sanção do prefeito Rogério Cruz.

Dados

A cidade de Goiânia conta hoje com mais de mil ônibus do transporte coletivo circulando diariamente, segundo a RMTC. Somente no neste mês de abril já foram realizadas mais de 60 mil viagens.

As frotas de ônibus na capital são gerenciadas pela RMTC, Consórcio RedeMob e a Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC). Informações por Géssica Veloso



Acesse nosso grupo no WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/JBJD6YZE0scBGAqHecmyD6
Conteúdo e Notícias
Leia a descrição

Inscreva-se



Instagram Siga nosso Instagram  

Curta a FanPage

Postar um comentário

Comentários