Visita de cúpula da FAB à Ala 2 reforça escolha de Anápolis para abrigar quarentena

fevereiro 04, 2020

“Viemos analisar cada item [e] as necessidades do isolamento que a Anvisa e o Ministério da Saúde nos colocar”, explicou o comandante da inspeção

A Ala 2 de Anápolis, localizada na BR-414, recebeu na manhã desta terça-feira (04) uma inspeção da Força Área Brasileira (FAB) para analisar minuciosamente todas as instalações do local.

Solicitado pelo Governo Federal, o procedimento foi comandado pelo secretário de Economia, Finanças e Administração da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Marcelo Kanitz Damasceno.

Segundo ele, os dois hotéis da base, que dispõe de 66 aposentos no total, estão em boas condições. Outras características do local devem contribuir para que a Ala 2 seja a escolhida para receber os cerca de 40 brasileiros que serão repatriados de Wuhancidade chinesa que abriga o epicentro do surto do coronavirus.

“Viemos analisar cada item [e] as necessidades do isolamento que a Anvisa e o Ministério da Saúde nos colocar. Os dois hoteis, pela localização, facilitam muito”, adiantou à imprensa.

Além da cúpula da FAB, oficiais do Exército e Marinha também acompanharam a inspeção, denotando que as três forças atuarão juntas para preparar as instalações da quarentena.

Esse período, conforme adiantou o ministro da Saúde, Henrique Mandetta, durará 18 dias.

O Projeto de Lei (PL) que define as medidas sanitárias para enfrentamento do coronavírus e as regras para a repatriação e quarentena no Brasil dos cidadãos extraditados da China foi enviado hoje ao Congresso Nacional pelo Palácio do Planalto e deve ser votado em caráter de urgência.

De qualquer forma, já foi definido que um avião da FAB buscará esses brasileiros e fará escalas de ida e volta em Israel.

As decisões estão sendo tomadas por um gabinete compartilhado entre os ministérios da Defesa, Saúde e Relações Exteriores. Por enquanto, não há indicativo de visita à Base Aérea de Florianópolis, que também chegou a ser cogitada como uma opção.

É esperado também que o presidente, Jair Bolsonaro (sem partido), receba o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), e o prefeito de Anápolis, Roberto Naves (Progressistas) a fim de tranquilizá-los e, possivelmente, informar-lhes do veredito.
Fonte: Rota Policial Anápolis
__________
Publicidade



Para ver mais vídeos do Canal da Lucieni, se inscrevam:
Post: Lucieni Soares
Próxima Postagem
« PRÓXIMA
Postagem Anterior
ANTERIOR »

Deixe seu Comentário: