Anápolis: Cesta básica chega a 195% de diferença nos preços

maio 09, 2019

Procon Anápolis apura custo médio da cesta básica mensalmente e ajuda população na hora da decisão de compra

O papel higiênico, o quilo do sal refinado e da batata registraram as maiores variações de preço entre os estabelecimentos analisados, em maio deste ano, pela Secretaria de Defesa do Consumidor (Procon Anápolis), em pesquisa mensal dos itens que compõem a cesta básica.

Liderando o ranking, com 195% de diferença entre valores, o pacote com quatro unidades de papel higiênico foi encontrado desde R$ 1,69 até R$ 4,99; o sal refinado, em 2º lugar, com 192% de variação, teve menor preço registrado de R$ 0,99, maior R$ 2,89. A batata, desde R$ 1,99 até R$ 5,59, sendo 181% de diferença.

No total, foram pesquisados 27 itens, entre alimentos, produtos de limpeza e higiene pessoal, em sete estabelecimentos da cidade. Acesse dados completos aqui.

Neste mês, o preço médio registrado da cesta básica foi de R$ 144,56. No comparativo com abril deste ano, quando o preço médio estava em R$ 143,84, a variação é de 0,5%. E em relação ao mesmo período do ano passado, maio de 2018, o acréscimo foi de R$ 14,16 -- ou 9,79% de inflação.

O custo do conjunto de alimentos essenciais, se adquiridos em seu menor valor, de acordo com a pesquisa, custariam R$ 111,86, contra R$ 181,45 se adquiridos em seu maior valor. 

Uma diferença de 62,21%, ou seja, R$ 69,59. Por isso, o Procon Anápolis alerta para a importância de pesquisar os preços, por mais que o cidadão não vá adquirir cada produto em um local, sempre haverá uma opção de compra mais favorável, com maior número de produtos em um preço reduzido. Fonte: Prefeitura de Anápolis
__________


Para ver mais vídeos do Canal da Lucieni, se inscrevam:
Post: Lucieni Soares
Próxima Postagem
« PRÓXIMA
Postagem Anterior
ANTERIOR »

Deixe seu Comentário: