Rio Verde: Suposta vítima de sequestro transmitido pelo Facebook é presa

abril 14, 2019

Durante as investigações a polícia desconfiou que a suposta vítima forjou o próprio sequestro

A vítima do provável sequestro em Rio Verde na noite da última segunda-feira (8/4) e transmitidos por meio de uma live no Facebook, Herlândia Nunes Rodrigues, de 26 anos, foi presa temporariamente na tarde do último sábado (13/4) pela Polícia Civil do Estado de Goiás suspeita de ter forjado o sequestro e tentar matar o jovem que segundo ela teria invadido a casa dela para roubar a residência.

Conforme o delegado responsável pelo caso, Danilo Fabiano Oliveira, a prisão da mulher foi necessária, pois há indícios concretos de que Herlândia forjou o sequestro. Danilo afirmou que na ocasião, o jovem Matheus Campos de Oliveira, de 23 anos, preso como suspeito de ser o seqüestrador foi baleado na boca e que aguarda o laudo técnico, pois pode ser atribuído a suposta vítima o crime de tentativa de homicídio.

Por meio de nota divulgada na imprensa, a advogada de Herlândia, Wdineia Oliveira informou que não vai adiantar nada em relação ao depoimentos dos acusados e que a sua cliente vai prestar outros esclarecimentos no momento que o Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO) se manifestar sobre o caso.

O depoimento do suposto sequestrador e o levantamento de provas fez a polícia desconfiar que o sequestro foi forjado

O delegado explicou em entrevista a um portal de notícias da região que no depoimento do provável sequestrador e o levantamento de provas, a equipe que investiga o caso, suspeitou que o sequestro foi forjado e diante da situação pediu ao Poder Judiciário a prisão de Herlândia pelos crimes de falsa comunicação de sequestro e tentativa de homicídio.

Na ocasião do suposto sequestro transmitido pelas redes sociais, Herlândia alega que foi surpreendida pelo rapaz que segue preso na Casa de Prisão Provisória (CPP) de Rio Verde. O jovem Matheus exigiu na transmissão que a polícia chamasse a mãe dele e um advogado para se entregar. Após três horas de negociação o suposto sequestrador foi preso, após ser baleado na boca pela provável refém.

Segundo o delegado não é possível fornecer mais detalhes sobre o caso, pois a investigação ainda está em andamento. Uma coletiva de imprensa foi marcada para manhã desta segunda-feira (15/4), em que o delegado vai dar mais detalhes sobre a prisão da suposta refém e da reviravolta na investigação do falso sequestro. Fonte: Dia Online
__________



Para ver mais vídeos do Canal da Lucieni, se inscrevam:

Próxima Postagem
« PRÓXIMA
Postagem Anterior
ANTERIOR »

Deixe seu Comentário: