Banner

Taça das favelas 2021 começa dia 30 com partidas em Aparecida e na capital


Sorteio das chaves para a distribuição dos 93 times foi realizado neste sábado no Anfiteatro de Aparecida

Aparecida de Goiânia será palco de mais uma edição da Taça das Favelas da Central Única das Favelas em Goiás (Cufa GO).

As partidas que terão início dia 30 de outubro e ocorrerão em diversos pontos da cidade e também da capital Goiânia terão a participação de times masculinos e femininos do futebol amador das duas cidades. O sorteio das chaves para início da disputa foi realizado na tarde deste sábado, 23, no Anfiteatro Municipal Luiz José Costa (Leandro).

A Taça das Favelas tem como objetivo promover integração social, acesso ao esporte, novas experiências educacionais, culturais e de cidadania aos adolescentes e jovens mais carentes das cidades. Cerca de 20 mil adolescentes e jovens de comunidades carentes vão participar do campeonato neste ano e pela primeira vez, a Taça das Favelas terá 23 seleções femininas de futebol.


Ao todo, 93 times de futebol amador participarão do campeonato, cujas partidas serão realizadas em novembro e dezembro. O prefeito de Aparecida, Gustavo Mendanha, participou do sorteio das 23 chaves – de A a Z, que terão 4 times em cada e falou da satisfação em ter Aparecida como palco de um evento tão importante para o esporte amador. “Sou apaixonado por esporte, por futebol e pelo terceiro setor e em nome de Aparecida agradeço e parabenizo o trabalho exemplar de inclusão social que a Cufa realiza em Goiás. Bom campeonato a todos!”.


Em Aparecida os jogos vão acontecer no campo de treinamento do Goiás no Buriti Sereno, e no Centro Olímpico Municipal no Setor Conde dos Arcos, na capital nos CTs do Vila Nova e Atlético Goianiense. A bola começa a rolar dia 30 de outubro e a semifinal será no Estádio Annibal Batista de Toledo. Mais informações sobre os times e as chaves podem ser encontradas no site da CUFA Goiás.

O secretário de Esportes, Lazer e Juventude de Aparecida, Gerfeson Aragão, também participou da realização do sorteio das chaves e ressaltou o investimento que a cidade tem feito no esporte profissional e amador. “Este é um evento importante para todos de Aparecida. Pois o esporte amador, além de inclusivo, é um celeiro de novos craques. E quem sabe um dia poderemos ver os jogares e jogadoras de hoje atuando em times grandes dos campeonatos nacionais e internacionais. E aqui na cidade temos levado investimentos para todos os esportes, justamente pensando na inclusão e no benefício que o esporte traz para a vida dos jovens e adolescentes”, disse o secretário que estava acompanhado do secretário de Ação Integrada, Vanilson Bueno.

O presidente da Cufa Goiás, Breno Cardoso agradeceu todo o apoio de todos os agentes públicos e privados para a realização da competição. “A Taça das Favelas é um ajuntamento de interlocução de diversas camadas da sociedade. Uma união de forças para que se realize e só foi possível trazer de volta a taça das favelas porque nós temos a ligação entre a sociedade civil, o poder público e a iniciativa privada. O futebol é uma linguagem universal que atinge todas as camadas da sociedade. E estamos muito felizes em realizar esta edição em Aparecida e em Goiânia. E tenho a certeza que esta edição será a melhor de todas!”, finalizou. Informações Secom / Fotos: Enio Medeiros

Ver mais sobre Aparecida AQUI
__________



Para ver mais vídeos do Canal da Lucieni, se inscreva

Postar um comentário

Comentários