10 dicas para comprar na 44 em Goiânia

abril 16, 2018
Por Danielly Chaves

Oi, gente, mas oi mesmo! Tudo bem? Imagine várias lojas com modinhas, preço baixo e variedade. Esse lugar existe e está na Rua 44, Setor Norte Ferroviário, em Goiânia, do lado da rodoviária. São mais de 12 mil lojas que vão te enlouquecer.
Se prepare para comprar é muita roupa bonita e barata
Visitei a região na véspera do feriado da Paixão de Cristo, e fiquei louquinha com as opções. Mas como sou gente boa, fiz um post com dicas para você acertar nas compras.

1- Uma coisa top, é que tem estacionamento do lado da rodoviária. Então não fique preocupada de ir de carro.

2- Eu prefiro dinheiro porque o preço a vista é melhor. Mas as lojas aceitam cartão e dinheiro. Leve o bastante, para evitar sacar, a fila do caixa eletrônico costuma ser grande.

3- Para quem compra no atacado é melhor ir na terça-feira e quarta-feira é mais tranquilo.

4- A maioria das lojas funcionam das 8h às 19h de terça a sábado.

5- São poucos restaurantes. O que mais tem são ambulantes vendendo comida na rua.

6- Vá de vestido. A maioria das lojas não tem provador, contudo elas deixam provar por cima da roupa.
Na 44 não tem provador, o jeito é vestir no meio da loja ou no corredor

7- Também não tem espelho, então o jeito é tirar foto para ver como a roupa ficou.

8- Vá com uma amiga, assim vocês compram no atacado que saí mais barato ainda.

9- Vá de tênis ou sapatilha confortável, porque, com certeza, você vai andar muito!

10- Para quem precisa se hospedar, tem hotel e kitnet, estão em cima das galerias. O preço varia de 40 a 160 reais.

Outras dicas importantes: Chegue cedo, para aproveitar, mas fique até mais tarde. Pois muitos comerciantes ambulantes aparecem no final do dia, com preços ainda melhores. Tome cuidado com bolsa e celular. A 44 é lotada. Vem gente do país inteiro e até de fora como do Paraguai e Chile.
Lá você encontra tanto roupa para o dia a dia como para a night
Na 44 tem de tudo um pouco, roupa, enxoval, bolsas, acessórios, lingerie, maquiagem, roupa para bebê, cosmético, calçado etc. Mas pelo o que eu observei, o forte mesmo é vestuário.

Cuidado com as numerações, às vezes, elas não batem. Eu, por exemplo, visto M, em lingerie, mas comprei G, porque achei o M pequeno, e acertei. Por isso, quando der prove.

O local é divido por galerias e shoppings. Comece pela ponta e vá até o final. Alguns que você vai encontrar por lá é o “Mega Modas”, “Centro-Oeste”, “Império do Bebê”, “Expansão da Moda”, “Nova Opção”, “Feirão da Moda”, dentre outros.

No final, adorei a experiência, comprei muita coisa barata, e quero me programar para ir pelo menos duas vezes ao ano.

Quero agradecer o Wagner dos santos Silva que me ajudou a construir esse post. Ele tem um perfil muito legal no Instagram que reúne vários comerciantes. @lojasna44_


Obrigada por acompanhar o Blog.

Um beijo e até o próximo post.

Veja esses outros posts: Tendências de looks outono-inverno 2018 e Tendências de bijoux 2018

Me siga nas redes sociais:
Facebook: Danielly Chaves
Twitter: @danielly_chaves
Instagram: @daniellychavess



Post: Lucieni Soares
Próxima Postagem
« Próxima
Postagem Anterior
Anterior »

Comente com o Facebook: