56 empresas foram autuadas por não cumprir cota de inserção de aprendiz em Goiás

maio 22, 2016 0


A Superintendência Regional do Trabalho e Emprego em Goiás (SRTE/GO) multou 56 empresas que se recusaram a cumprir as cotas de aprendizagem, no valor de R$ 402,53 por aprendiz não contratado. A multa é cobrada em dobro nos casos de reincidência. Entre janeiro e abril deste ano, por meio da auditoria fiscal do trabalho foram inseridos 212 jovens, de 16 a 24 anos no mercado de trabalho goiano.

No ano de 2015 foram contratados sob ação fiscal 1.652 aprendizes e 408 empresas autuadas por violações à legislação trabalhista no âmbito da Inserção de aprendiz.

A Constituição Federal, em seu art. 227, reconhece aos jovens e adolescentes o direito à profissionalização. A aprendizagem profissional, prevista no Art. 429 da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), é o instrumento que lhes garante o acesso ao mercado de trabalho de maneira protegida, com a possibilidade de qualificação adequada, uma vez que o Art. 429 determina que as empresas de médio e grande porte tenham de 5% a 15% do quadro com jovens aprendizes.

“As empresas estão sendo fiscalizadas e sofrerão as penalidades legais, para que possamos garantir ao jovem o direito social ao trabalho” afirmou o Superintendente Regional do Trabalho e Emprego em Goiás, Arquivaldo Bites.

Quais são os estabelecimentos obrigados a contratar aprendizes?

Os estabelecimentos de qualquer natureza, que tenham pelo menos 7 (sete) empregados, são obrigados a contratar aprendizes, de acordo com o percentual exigido por lei (art. 429 da CLT).

É facultativa a contratação de aprendizes pelas microempresas (ME), empresas de pequeno porte (EPP), inclusive as que fazem parte do Sistema Integrado de Pagamento de Impostos e Contribuições, denominado “SIMPLES” (art. 11 da Lei nº 9.841/97), bem como pelas Entidades sem Fins Lucrativos (ESFL) que tenham por objetivo a educação profissional (art. 14, I e II, do Decreto nº 5.598/05). Nesses casos, o percentual máximo estabelecido no art. 429 da CLT deverá ser observado.

Os contratos de aprendizagem ainda em curso, quando as empresas forem reclassificadas pela Receita Federal para EPP e ME, deverão ser concluídos na forma prevista no contrato e no programa.

Para ser um jovem aprendiz

Procurem os cursos ministrados pelos Serviços Nacionais de Aprendizagem (SENAI, SENAC, SENAR, SENAT e SESCOOP)

Elizabeth Venâncio
Comunicação Social da SRTE/GO
›› CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A POSTAGEM COMPLETA ››

Em Goiás emissão de carteira de trabalho será pelo Sistema Integrado de Internet

maio 15, 2016 0


O sistema de carteira de trabalho (CTPS) informatizado, que hoje o protocolo do pedido ainda é encaminhado do interior para a confecção em Goiânia, fisicamente, pelos Correios, passará a ser on-line, ou seja, o operador encerra o protocolo no local de atendimento e os dados são enviados pela internet na hora para a fábrica de confecção de carteira. Este novo procedimento vai possibilitar maior rapidez na entrega da CTPS e melhor controle de dados do documento.

Por isso, o Ministério do Trabalho informa que a partir de segunda-feira (16), o atual sistema de emissão de carteira de trabalho (CTPS) vai ficar suspenso em todo o Estado de Goiás, tanto nas unidades do Sistema Nacional de Emprego (SINE), quanto nas prefeituras e nas agências da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego em Goiás (SRTE/GO). A normalidade na emissão será retomada no próximo dia (28).

O serviço ficará suspenso para possibilitar uma troca no banco de dados do sistema CTPSWEB 3.0, que faz o cadastro dos trabalhadores, enquanto essa mudança for feita os emissores de CTPS passarão por uma capacitação para implantação do novo sistema.

Segundo o Superintendente Regional do Ministério do Trabalho em Goiás, Arquivaldo Bites, o novo sistema deve evitar ainda mais as fraudes, pois haverá um cruzamento de dados entre a Receita Federal, Caixa Econômica Federal e Previdência Social. Promovendo maior rapidez e mais segurança na confecção das carteiras e no documento. “Em Goiás, são emitidas 503 carteiras de trabalho, por dia, espera-se que o tempo de confecção dessas carteiras diminua. Antes, o documento ficava pronto entre 15 a 25 dias. Depois da mudança a confecção poderá reduzir-se para um prazo médio de cinco dias”, informou Arquivaldo.

As CTPS já solicitadas serão confeccionadas neste período de suspensão e serão entregues normalmente.

Elizabeth Venâncio
Comunicação Social da SRTE/GO
›› CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A POSTAGEM COMPLETA ››

A Quiropraxia ajudando pacientes com fibromialgia

maio 15, 2016 0


As pessoas que sofrem com a Fibromialgia, muitas vezes não são entendidas, pelo fato de não apresentarem sinal de inflamação ou lesão aparente. Estes pacientes sentem dores generalizadas, fadiga, distúrbio do sono, cansaço, indisposição, sofrem com intestino e bexiga irritados e inchaço nas mãos e pés. Geralmente a pessoa relata dor nos “ossos”, ou nas “juntas”, sensação de queimação e formigamentos.

Ainda de causa desconhecida, a cada 10 pessoas que sofrem com essa doença, 9 são mulheres entre 30 e 50 anos de idade e os pesquisadores apontam que a fribromialgia pode estar relacionada ao funcionamento do sistema nervoso central.

Sem sucesso com uso de medicamentos, alguns pacientes estão recorrendo à Quiropraxia para tratar a dor. É um tratamento eficaz, pelo fato dela corrigir a causa da dor (subluxação) e não apenas os sintomas.

O Quiropraxista é o profissional da área da saúde que cuida da coluna, promovendo a correção do desalinhamento ósseo, e ao promover o realinhamento dos ossos da coluna, fazendo com que ela funcione em melhor estado possível, tirando a pressão sobre os nervos e a tensão depositada por todo o corpo em função de todos esses desconfortos relatados, dá ao paciente mais qualidade de vida para tratar dessas dores.

Denise Santiago
Assessora Clínica Coluna em Movimento
›› CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A POSTAGEM COMPLETA ››

Ladrões de gado de Caldazinha e Bonfinópolis são presos

maio 11, 2016 0


O 27º BPM através das equipes do CPU 1º SGT Marildo e 3º SGT Márcio e RP 7329 3º SGT Teixeira e SD Lima, recuperou gado furtado e prendeu o autor do furto na região de Caldazinha.

A vítima do furto percebendo a falta dos animais, procurou a PM para relatar o fato que ocorreu no final do mês de abril, o que coincidia com um acidente de trânsito na GO 403 em Caldazinha na madrugada.

Juntando as informações foram realizadas diligências na região e logo a PM prendeu Fábio José Lopes da Costa, autor, e Waldir Ferreira da Silva, caseiro, moradores de Bonfinópolis, que foram conduzidos para a Delegacia de Senador Canedo onde foi feito o flagrante.

Fábio confessou ter vendido 04 animais ao frigorífico Mineirão, a polícia recuperou outros 04, faltam ainda 20 vacas, que a Delegacia está investigando, Fábio disse ainda que o Supermercado JK de Bonfinópolis está envolvido na situação.






Fonte: Sub-tenente Evaldo / Destacamento de Bonfinópolis
›› CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A POSTAGEM COMPLETA ››

Musical Infantil SAPECADO

maio 11, 2016 0


De 14 a 16 de maio no Centro Cultural Banco do Brasil em Brasília e nos dias 20 e 21 de maio (sexta e sábado) em Goiânia o público poderá se deliciar com um espetáculo infantil que tem a cara do interior do Brasil.

O grupo paulista Banda Mirim (www.bandamirim.com.br), traz mais uma obra premiada: o musical SAPECADO. Uma história para lá de pitoresca, que se passa em meio à zona rural. A diversão é garantida.

Apresentações (gratuitas).

Em Goiânia as apresentações serão no Teatro SESC Centro, e no dia 20 é exclusiva para escolas, mediante agendamento prévio. No sábado a sessão é aberta ao público, e acontece somente às 17h. Para completar a curta temporada em Goiânia, a Banda Mirim promoverá um encontro com grupos de teatro, músicos, produtores e artistas da cidade, para trocar experiências e debater novos caminhos do teatro infantil no Brasil. O debate será realizado na quinta-feira, 19 de maio.

A circulação nacional de SAPECADO foi garantida pelo Programa Petrobras Distribuidora de Cultura, que além de Goiânia e Brasília/DF contemplou também as cidades de Belo Horizonte/MG e São Luís/MA.

O baile da Vila do Sapecado

A atriz Cláudia Missura (novelas Avenida Brasil, Joia Rara e A Favorita) interpreta Assunta Felizarda de Jesus, uma mulher brejeira, que vive sozinha numa roça, acompanhada apenas de seu cachorro Rex (o músico e ator circense Edu Mantovani). Um dia, ela recebe um convite, trazido pelo carteiro Adauto (o cantor Rubi), para ser madrinha do casamento da comadre Dete Mandioca. Junto com o carteiro e o seu cachorro, Dona Assunta cruza a Estrada do Bromongó até a Vila do Sapecado para participar do baile.

Com texto e direção de Marcelo Romagnoli, a viagem desses três personagens pela estrada é o fio narrativo deste musical infantil, que traz um elenco com 11 pessoas. No cenário de Marisa Bentivegna elementos como a palha e o pano de chita dão o tom sertanejo da história. A trilha sonora envolve a plateia e reverbera na memória emotiva da audiência.

Segundo o diretor, “SAPECADO foi inspirado nas lembranças de uma infância vivida no interior. Lá a música rodeava tudo. Era dupla que cantava, era baile na igreja, sanfoneiro pelo caminho, era rádio AM. Lá tinha história de mata cerrada. Tinha rio, bicho e noite escura. Tinha estrada de terra, que nem a estrada do Bromongó, onde a alma é grande e a gente é pouca”, explica Romagnoli.

Valores como fraternidade, respeito e amizade são trabalhados no espetáculo, pensado para agradar plateias de qualquer idade. “SAPECADO trata também de temas que para nós, da BANDA MIRIM, são legados importantes. Existe para dizer às crianças o que nós acreditamos como adultos: que o amor, a amizade e o sublime ainda são possíveis”, finaliza o diretor.

O espetáculo recebeu diversos prêmios, entre eles: Melhor Texto e Melhor Espetáculo pela Associação Paulista de Críticos de Arte – APCA; Melhor Texto, Melhor Trilha Sonora Original e Melhor Espetáculo Infantil pelo Prêmio Femsa; Melhor Espetáculo Infantil pelo Júri do Guia da Folha de SP; e o de Melhor Espetáculo Infantil pela Revista VEJA.


Cenas do espetáculo SAPECADO:


Informações GYN: Fernanda Fernandes - (62) 8144-3044

Fonte: Ana Paula Mota: (62) 9941-5464
›› CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A POSTAGEM COMPLETA ››

Homens jovens são as principais vítimas de acidentes de trabalho com morte em Goiás

maio 05, 2016 0



Levantamento do Ministério do Trabalho e Previdência revelam que, em Goiás, 96% das vítimas de acidentes de trabalho com morte são homens, de 21 a 30 anos de idade

A Superintendência Regional do Trabalho e Emprego em Goiás (SRTE/GO), para lembrar o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho, realizou um levantamento de dados nos processos de investigação de acidentes do trabalho fatal, concretizados pela auditoria fiscal do trabalho da SRTE/GO, de 2011 a 2014. Constatou-se que em Goiás 96% das vítimas de acidentes do trabalho com morte neste período foram homens, de 21 a 30 anos de idade, baixa escolaridade e com pouco tempo na função em que ocorreu o acidente.

De 2011 a 2014 foram 480 óbitos de trabalhadores no Estado, desses, por amostragem, verificou-se que 32% tinham de 21 a 30 anos, 24% de 31 a 40 anos, 17% de 10 a 20 anos.

Outro dado relevante e que 63% das empresas, onde ocorreu o acidente com óbito, possuíam técnicos em segurança. Apesar disso, verificou-se que o modo operatório da atividade laboral era inadequado e a supervisão da segurança insuficiente.

Lélia Gomes de Souza, 23 anos, sofreu um acidente grave de trabalho quando exercia a função de auxiliar de produção em fábrica de temperos, em 2014, tendo a mão direita com amputação traumática dos 2º, 3º e 4º dedos. Os fiscais do trabalho detectaram que a máquina de moer não atendia a Norma Regulamentadora nº 12, pois não tinha dispositivo de parada de emergência. A empresa recebeu sete autos de infração, totalizando R$ 22.291,80.

O Superintendente Regional do Trabalho e Emprego em Goiás, Arquivaldo Bites, avaliou que houve melhoras significativas na prevenção de acidentes por parte das empresas de Goiás. Mas, ainda há alguns empresários que pensam no acidente de trabalho como um evento simples. “O acidente não é um acontecimento simples, mas poderia ser evitado caso o empregador não negligenciasse uma série de obrigações legais.” disse Arquivaldo Bites.

Fonte: Comunicação Social da SRTE/GO
›› CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A POSTAGEM COMPLETA ››

Ocorrências policiais em Bonfinópolis

maio 04, 2016 0


Ocorrências policiais acontecidas nos últimos dias em Bonfinópolis

Foragido é capturado em abordagem
A equipe 7331, St Evaldo, Sgt Jasomar e Cb Luchessi, em patrulhando pela cidade de Bonfinópolis, no setor Walter Paulo II, na rua wp03, se deparou com alguns indivíduos em atitudes suspeitas.

Feita a abordagem e checado os antecedentes criminais, verificou-se que um dos indivíduos possuía 02 mandados de prisão em aberto pelo crime de estelionato, artigo 171 do CP.

Após ser feito o relatório médico o foragido: Moaci Teles de Oliveira, DN: 30/01/1969, foi conduzido à Delegacia de Capturas onde foi entregue à autoridade competente para cumprimento dos mandados de prisão.












Abordagem em bares

Polícia Militar de Bonfinópolis vem realizando abordagem em bares e similares a procura de drogas, armas e foragidos da justiça.

Equipes do Destacamento de Bonfinópolis que realizaram esse trabalho no último fim de semana, 7330 St Evaldo, Sgt Pereira e 7331 Sgt Damata e Cb Tarcisio.

Mulher é encontrada morta em casa

Na manhã de 1° de maio, Aline Divina Aparecida Xavier DN: 08/10/86 foi encontrada por um membro da família, em óbito, na rua Tocantins Qd. 21, St. Juliana, por volta de oito e meia da manhã, ela estava nua e aparentemente sem sinais de violência sexual.

Segundo familiares ela sofria de depressão profunda, fazia uso de medicamentos controlados, bebia muito, e andava na companhia de pessoas de má índole, ficando por várias vezes desaparecida sem dar notícias a família.
Os familiares dizem que ela era uma pessoa difícil de lidar.

Estiveram no local da ocorrência o Delegado de plantão de Senador Canedo Dr. Yuri Costa de Oliveira; Polícia Técnica Científica, Perita Fernanda Steger e IML, auxiliar de autópsia Humberto Furtado, de acordo com a perícia a vítima não apresentava nenhum sinal de violência, foi colhido material para ser periciado e esclarecer a natureza da morte.

Fonte: Sub-tenente Evaldo / Destacamento de Bonfinópolis
›› CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A POSTAGEM COMPLETA ››