Banner

Suspeito de matar advogados é transferido para Goiás


Um dos suspeitos de participar do assassinato de dois advogados dentro de um escritório de advocacia em Goiânia, preso na sexta-feira, 30, na Região Metropolitana de Palmas (TO), foi transferido de avião do Tocantins para a capital goiana e encaminhado à Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH) na manhã deste sábado, 31

Pedro Henrique Martins Soares, de 25 anos, foi conduzido para Goiás em uma aeronave fretada que pousou por volta das 6h30 no Hangar Aerotec, na capital. De acordo com a Polícia Civil, ele é suspeito de ter atirado contra as vítimas.

O crime aconteceu na quarta-feira, 29, no Setor Aeroporto. Os advogados Marcus Aprígio Chaves, de 41 anos, e Frank Alessandro Carvalhaes de Assis, de 47, foram mortos a tiros.

O outro suspeito de envolvimento no duplo assassinato, Jaberson Gomes, que era considerado foragido, foi morto durante um confronto com a Polícia Militar do Tocantins, em Porto Nacional. Informação confirmada pela Polícia Civil de Goiás.

A suspeita é que o crime foi motivado por causa de uma desavença em um processo que as vítimas ganharam, desagradando a outra parte envolvida.

Uma força-tarefa composta por cinco delegados e 30 policiais civis foi montada para solucionar o crime. Via informações G1
__________



Para ver mais vídeos do Canal da Lucieni, se inscrevam

Postar um comentário

Comentários