Banner

DF: Passageira pula de carro de aplicativo em movimento para escapar de estupro


Suspeito, morador do Riacho Fundo é motorista de app e se passou por loteiro para fazer a vítima entrar no veículo

Ele foi preso em flagrante

Um motorista de aplicativo foi preso, nesta segunda-feira, 18/05, pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) acusado de tentar estuprar uma passageira durante uma corrida.

O caso é investigado pela 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá). A tentativa de estupro, por sua vez, ocorreu no domingo, 17/05.

A delegada-chefe Jane Klébia afirmou que o suspeito buscou a vítima em parada de ônibus da cidade. “Ele é motorista de aplicativo, mas se ofereceu como loteiro. Quando ela entrou no carro, na parte de trás, ele saiu e disse que iria em direção à Rodoviária do Plano Piloto”.

No meio do trajeto, no entanto, o acusado teria feito um desvio, deixando a passageira assustada. “Ele pegou uma estrada de chão. Quando ela questionou, ele pediu que ela ficasse quietinha [sic]”, conta Jane.

Neste momento, a vítima pulou do carro em movimento e conseguiu fugir. “Um motoqueiro que vinha atrás viu ela, a socorreu e anotou a placa. Com a placa em mãos, o localizamos e o prendemos em flagrante”.

O criminoso é morador do Riacho Fundo e foi reconhecido pela vítima na unidade policial. “Ela viu uma cicatriz que ele tinha no rosto e confirmou se tratar do autor”, finalizou a delegada. Via Radar Ocidental / Delegado Rafael


[Participe do nosso grupo no WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/3Zn5CD2Z2zYDIsQ3g5EsEH]

Inscreva-se


Twitter

Instagram  Siga nosso Instagram

Curta a FanPage

Postar um comentário

Comentários