Banner

DF: Professor esfaqueado em assalto segue em estado grave


O quadro clínico do professor Hebert Silva Miguel, 26 anos, esfaqueado na manhã da segunda-feira (02/03), em uma parada de ônibus do Pistão Sul, é grave. Segundo informações do último relatório médico, o docente está entubado, sob observações constantes

Hebert foi transferido na madrugada desta terça-feira (03/03) do Hospital Regional de Taguatinga devido à falta de leitos de unidade de terapia intensiva (UTI). A vítima está internada no Hospital Regional de Santa Maria.

Após ser operado, o professor segue sedado, e com quadro instável.

Hebert levou seis facadas durante o assalto. O bandido queria o celular da vítima. Pouco depois, a Polícia Militar prendeu um suspeito e o levou à 12ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Centro).

Segundo a corporação, o homem foi flagrado correndo na QSD 8. Os policiais também encontraram uma faca suja de sangue. O acusado parecia estar sob efeito de drogas, ainda de acordo com a PM, ele já tinha se livrado da camiseta que usava no momento do crime.

A vítima levou duas facadas no abdômen, uma no tórax, duas no ombro esquerdo e uma na cabeça. De acordo com o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), se encontrava estável, consciente e orientada no momento do socorro.

O rapaz saiu de Samambaia e tinha como destino o Novo Gama (GO), no Entorno do DF, onde trabalha.

O assalto na parada de ônibus ocorreu próximo à academia Smart Fit, sentido Recanto da Emas. O Corpo de Bombeiros atendeu à ocorrência por volta das 6h30, com uma viatura e três militares.

Insegurança

A insegurança ronda as paradas como também os coletivos. Na noite de sábado (29/02), um passageiro foi esfaqueado dentro de um ônibus. Segundo a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), a vítima tem 23 anos e estava na linha 501.7 – trajeto da Rodoviária do Plano Piloto a Sobradinho.

O caso aconteceu na subida da Ponte do Bragueto. Conforme o motorista do coletivo relatou aos policiais, havia uma confusão e, durante a discussão, a vítima teria sido esfaqueada. Ao notar o jovem sangrando, o condutor parou o veículo no Balão do Torto.

Nesse momento, o autor da facada fugiu correndo. O suspeito deixou uma mochila com pertences pessoais para trás. Acionado pela cobradora, o Corpo de Bombeiros Militar do DF socorreu a vítima.

“Bandido está chegando em casa antes do policial”

Em evento público nesta terça-feira (03/03), o governador Ibaneis Rocha (MDB) falou sobre o caso. Disse que cerca de 45 minutos depois do crime, a PM conseguiu deter o suspeito, identificado como Janderson Soares, 29, que seria usuário de drogas.

“O Brasil não produz drogas. Elas vêm pelas fronteiras. Aí vem o problema de quem fiscaliza as fronteiras, que é o governo federal. Temos que dividir nossas atribuições na área de segurança. Cada um cumprindo a sua, vamos dar mais segurança à população. Não estou atribuindo culpa a ninguém. Estou pedindo que cada um assuma a sua responsabilidade para que possamos prestar o melhor serviço a sociedade”, ressaltou o governador.

O emedebista ainda criticou o Judiciário com as audiências de custódia. “O bandido está chegando em casa antes do policial sair do plantão. Desanima a nossa polícia. Temos que mudar o nosso sistema. Segurança não se faz sozinho”, acrescentou.
__________




Para ver mais vídeos do Canal da Lucieni, se inscrevam:

Postar um comentário

Comentários