Rio Verde: Guarda Civil precisa dar tiros para conter suspeito

agosto 13, 2019

Além de resistir à prisão, o suspeito começou a ameaçar os agentes com uma faca, e também usar palavras de baixo calão para ofendê-los

Uma confusão entre um homem e guardas civis chamou atenção neste domingo, em Rio verde. Foi preciso usar arma de choque e houveram disparos de arma de fogo para conter um dos suspeitos.

A Guarda Civil Municipal foi chamada para atender a um chamado de uma suposta briga, após um acidente de trânsito. Uma pessoa disse à GCM que estava recebendo ameaças do suspeito, identificado como Bruno Henrique Pereira de Oliveira.

Durante a abordagem, os policiais municipais deram voz de prisão ao suspeito, que não foi acatada. Segundo informações, os guardas municipais tentaram conter Bruno utilizando uma arma de choque, que falhou no momento da abordagem. Logo após a falha, o homem começou a resistir à prisão e passou a ameaçar os agentes com uma faca e xingá-los.

Devido à resistência no momento da prisão, um dos agentes disparou duas vezes contra uma porta, na tentativa de inibir a ação do suspeito. Após a prisão, Bruno Henrique foi levado para a 8°DRP, onde, segundo a Polícia Civil, pagou uma fiança no valor de R$ 3 mil e foi liberado logo em seguida.

Através de uma nota, a Guarda Civil Municipal informou que "os guardas solicitaram ao suspeito que se acalmasse e fosse conduzido pacificamente à delegacia, mas por conta das agressões verbais recebidas e de ameaças físicas com uma arma branca, foi necessário o uso da força para que ele se rendesse utilizando a DEC (arma de choque não letal), que falhou, e diante da ameaça com arma branca, se viram obrigados a efetuar disparo de arma de fogo, que positivamente surtiram o efeito desejado". Fonte: OlhaGoias
__________




Para ver mais vídeos do Canal da Lucieni, se inscrevam:
Próxima Postagem
« PRÓXIMA
Postagem Anterior
ANTERIOR »

Deixe seu Comentário: