Prefeito de Senador Canedo se Compromete em negociar implantação do plano de carreiras

janeiro 19, 2018

Há vários anos trabalhando desmotivados, sem ter seus direitos respeitados e nenhum plano de gestão que preze pela valorização, os servidores da Saúde de Senador Canedo tiveram a esperança renovada na reunião – realizada na última terça-feira (16) - com o prefeito Divino Lemes. O motivo de a expectativa ter aumentado é que o prefeito se comprometeu em estudar o Plano de Carreiras apresentado pelo sindicato e a criação de uma comissão para iniciar as discussões da sua implantação.

Com a sala lotada de trabalhadores, o prefeito disse que vai estudar todo o Plano de Carreiras da Saúde e o impacto financeiro que a implantação dele causará na folha de pagamento, e que no prazo de 10 dias voltaria a ter uma reunião com o sindicato para avançar nas negociações.

Além de apresentar o Plano de Carreiras e o impacto financeiro, o Sindsaúde propôs ainda a criação de uma comissão, que envolva as secretárias de Finanças, Administração, Saúde e a Procuradoria, para negociar a tabela de progressão dos servidores dentro do plano. Sem resistência, o prefeito disse que vai consultar sua equipe para, posteriormente, criar uma portaria estabelecendo a equipe responsável pelo estudo do plano.

Durante a reunião, Divino disse que já realizou uma auditoria na folha de pagamento do funcionalismo público e encontrou diversas irregularidades, como vários direitos assegurados em lei que não estão sendo cumprindos. “Já seria um imenso avanço se conseguíssemos normalizar e legalizar essa folha de pagamento, garantindo todos os direitos dos trabalhadores”, completou o prefeito.


Agentes

Ao ser indagado sobre o atraso do pagamento do vale-transporte e sobre o modelo do atual vale-alimentação dos agentes e de outras categorias, o prefeito disse que pretende inserir o pagamento do vale-alimentação no contracheque do servidor. Quanto ao vale-transporte, Divino garantiu que vai verificar o porquê do atraso e que irá regularizar a situação.

Gratificação

Seguindo a lista de reivindicações, a presidenta do Sindsaúde, Flaviana Alves, pediu explicações ao prefeito sobre a ausência do pagamento da gratificação dos técnicos de enfermagem, radiologia e saúde bucal que tinha sido acordado com o secretário de Saúde, Júlio Pina.

Com o objetivo de corrigir a defasagem salarial desses profissionais, ficou acordado que a prefeitura iria pagar uma gratificação de 10% no mês de outubro, 20% em novembro e 30% em dezembro, e que esse último percentual seria mantido até a aprovação do plano de carreiras. No entanto, a prefeitura só pagou o percentual de 10% e mesmo assim, não são todos os técnicos que recebem essa gratificação.

Sobre o exposto, o prefeito disse que não tem conhecimento dessa situação, mas garantiu que irá conversar com o secretário de Saúde para cumprir o acordo e manter a correção salarial desses profissionais.

Mobilização

Após a reunião com o prefeito, uma comissão de trabalhadores voltou a se encontrar para discutir quais serão as estratégias que o movimento irá adotar para que o Plano de Carreiras seja efetivado no município. Na ocasião, eles decidiram suspender a paralisação que iria acontecer no dia 18, na Unidade de Pronto Atendimento, para que as negociações com a prefeitura avance.

Sindsaúde
__________


Blog O Centroeste
ENVIE SUA SUGESTÃO DE PAUTA OU DENÚNCIA
Trabalhamos com Assessoria Comunicação, Cobertura Fotográfica & Jornalística
Publicamos Editais, Editoriais, Publieditoriais, artigos e notas
Anuncie Conosco - Entre em >contato< agora mesmo e saiba mais

Inscreva-se


TWITTER

InstagramSiga nosso Instagram

Curta a FanPage
Próxima Postagem
« Próxima
Postagem Anterior
Anterior »

Comente com o Facebook: