Banner

Uso de máscara será facultativo em Aparecida de Goiânia


Obrigatoriedade continuará em unidades de saúde e ensino, órgãos públicos e terminais de ônibus

O prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, deve sancionar, nos próximos dias, Projeto de Lei nº 13/2022, que revoga a Lei Municipal nº 3.558/2020, que determina o uso obrigatório de máscara como medida de prevenção à Covid-19. O projeto passou pela Câmara de Vereadores nesta terça-feira, 15, onde foi aprovado, por unanimidade.

O projeto volta para o Executivo Municipal e o prefeito tem até 15 dias para sancioná-lo. Enquanto isso, o uso de máscara continua sendo obrigatório no âmbito do município.

Assim que sancionado, o Comitê de Prevenção e Enfrentamento a Covid-19, vai publicar nova portaria determinando o uso obrigatório de máscara em locais fechados, como em unidades educacionais e de saúde, terminais de ônibus e órgãos públicos. Em estabelecimentos comerciais o uso será opcional, isto é, cabe ao estabelecimento decidir pela obrigatoriedade ou não.

A decisão foi tomada nesta terça-feira, 15, em reunião ordinária do Comitê, colegiado responsável por deliberar ações de prevenção, controle e combate a pandemia no município, formado por representantes da Câmara Municipal, Ministério Público Estadual, Defensoria Pública e entidades empresarias.

O colegiado aproveitou a reunião para apresentar evoluções do cenário epidemiológico e ações que foram eficientes para impedir o avanço da pandemia no município, que se tornou referência na prevenção e enfrentamento da Covid-19 no estado de Goiás.

“A decisão considera a melhora de diferentes indicadores da pandemia, como o avanço da estratégia de vacinação, considerando que 77,87% da população acima de 12 anos está vacinada, e a diminuição de casos mais graves da doença, bem como o número de mortes”, afirmou o secretário municipal de Saúde, Alessandro Magalhães.

Vacinação

O município aplicou até a sexta-feira, 11 de março, um total de 933.663 vacinas contra a covid-19, segundo Boletim Epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

Dessas, 436.389 foram primeira dose, 372.139 referem-se a aplicações de dose 2 ou dose única, e 101.332 doses de reforço. Já a vacinação infantil atingiu a marca de 23.803 doses aplicadas.

Com isso, 77,87% da população acima de 12 anos, estimada em 477.878 habitantes, já está vacinada com as duas doses ou dose única. O órgão informa que essa faixa etária é o referencial utilizado pela Prefeitura de Aparecida na análise do percentual de imunizados, já que a vacinação infantil foi iniciada há menos de dois meses.

Boletim Covid-19


O município realizou 494.765 testes de diagnóstico da Covid-19 até às 17 horas desta segunda-feira, 14. Os exames são do tipo RT-PCR, que é considerado o padrão ouro para esse diagnóstico.

No momento, Aparecida possui 291 casos ativos, que são monitorados pela Telemedicina, oxímetros e exames ou hospitalizados. De 115.797 casos confirmados, 113.686 estão recuperados e 1.820 vieram a óbito por Covid-19, com um óbito confirmado nas últimas 24h.

Dos 83 leitos de UTI ativos para tratamento da Covid-19 na rede pública municipal, 24 estão ocupados, indicando uma taxa de ocupação de 28,92%.

Dos 94 leitos de enfermaria ativos para tratamento da doença, 2 estão ocupados, indicando uma taxa de ocupação de 2,13%.

Informações Secom 

Ver mais sobre Aparecida AQUI
__________



Para ver mais vídeos do Canal da Lucieni, se inscreva

Postar um comentário

Comentários