Banner

Anápolis: Volta da fiscalização eletrônica aguarda apenas início de campanha educativa


A secretaria municipal de Trânsito, Transporte e Serviços Urbanos aguarda o sinal verde para o início da campanha educativa que vai possibilitar a retomada da fiscalização eletrônica de tráfego de veículos em Anápolis

Segundo o diretor de Trânsito e Transporte da Pasta, Igor Lino Siqueira, é aguardada a definição do prefeito Roberto Naves, sobre a data para que o trabalho educativo, que deve ser desenvolvido pela Secretaria Municipal de Comunicação, seja iniciado.

"Ninguém vai ser pego de surpresa”, garante o diretor, ao informar que todos os equipamentos que já foram instalados, receberam a devida certificação de regularidade do órgão regulador, no caso, o Inmetro. Mas, embora já estejam aptos ao funcionamento, a emissão de multas só ocorrerá posteriormente à fase educativa.

Cerca de 30% do contrato já foi executado, com a implantação de equipamentos ao longo das principais ruas e avenidas como a Brasil (Norte-Sul), Goiás, Presidente Kennedy, Avenida Engenheiro Geraldo Pina, na região do Anápolis City e Vila dos Sargentos e Rua Barão do Rio Branco.

Tão logo estejam concluídas todas as etapas e os trechos monitorados fiquem totalmente operacionais, mais duas ordens de serviços serão iniciadas a fim de levar a fiscalização eletrônica para outros pontos da cidade.

Tecnologia

Ao todo, devem ser implantados 300 equipamentos, em sua maioria, dispositivos para o monitoramento de avanço de sinal, faixa de pedestre e fiscalização de excesso de velocidade. Além de barreiras (lombadas eletrônicas) e os radares discretos, que aferem a velocidade, mas não têm o display para mostrar a velocidade.

Igor Lino salienta que esta nova fase da fiscalização vem com um ganho tecnológico muito grande. A Velsis é uma empresa que já atua em várias cidades brasileiras e, até, em outros países e os equipamentos que estão sendo implantados em Anápolis trazem o que há de mais moderno, como, por exemplo, o dispositivo OCR, que permite fazer a leitura de placas e apontar se o veículo possui alguma intercorrência de roubo, furto ou se é objeto de investigação e, havendo, será gerado um alerta para a polícia.

Isso vai contribuir muito na parte de segurança pública”, observa Igor Lino. Além disso, será possível coletar informações sobre a fluidez no trânsito, o que permitirá a execução de ações de melhoria no tráfego. Com informações do Jornal Contexto


Participe do nosso grupo no WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/85ygW3M11MW0ahX805D59j Notícias da cidade de Anápolis e região

Acesse nosso grupo no WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/JBJD6YZE0scBGAqHecmyD6
Conteúdo e Notícias
Leia a descrição

Inscreva-se



Instagram Siga nosso Instagram  

Curta a FanPage

Postar um comentário

Comentários