Banner

Goiânia: E o Vice-Prefeito, não Conta?

Por Antonio Oliveira

Rogério Cruz e Wilder Morais

Você conhece os candidatos a vice-prefeito por Goiânia?


Wilder Pedro de Morais

Wilder Morais, 52 anos, natural de Taquaral, interior de Goiás, casado, pai de 03 filhos, é empresário, empreendedor, formado em Engenharia pela PUC/Goiás, filho de costureira e de taxista, foi secretário de Estado de Infraestrutura do Governo de Goiás em 2011, Senador de 2012 a 2019, tendo apresentado mais de 200 proposições legislativas. E Há pouco mais de um ano é Secretário de Indústria e Comércio, também do Governo de Goiás.

Wilder Morais, enquanto parlamentar no Senado Federal defendeu pautas relevantes para a sociedade como a “revogação do estatuto do desarmamento”; “fim da indústria da multa”; “municipalismo e combate a burocracia”. Ficou conhecido por ser o Senador que mais captou recursos para o Estado de Goiás, e também como o “Senador dos livros” por ter distribuído gratuitamente mais de 1 milhão e 200 mil livros para todo o Estado.

Como vice de Vanderlan Cardoso, Wilder acredita na sua experiência como ex-secretário de Governo para captar recursos, buscando atrair mais empresas e gerar empregos diretos e indiretos. Pensa em por na prática o combate à burocracia que fez pauta de suas proposições quando Senador da República. Acredita que o empreendedor precisa de apoio para compor e viabilizar emprego e renda em que Goiânia pode ser uma cidade com equilíbrio, pois existem muitos lugares vazios que podem ser explorados para gerar condições aos moradores locais.

Por ter sido ex-congressista conta com livre acesso ao Governo Estadual e com o Governo Bolsonaro para que possa assim obter recursos para o município, e como engenheiro civil e empresário tem facilidade de diálogo com a iniciativa privada e o segmento empreendedor.

Wilder Morais, atualmente compõe as fileiras do PSC, e o livre acesso que tem nos governos Estadual e Federal será para Vanderlan Cardoso um braço forte para compor a governabilidade levando o progresso em regiões afastadas, atraindo investimentos, empregabilidade e renda, através de sua interlocução nos meios.

Rogério Oliveira da Cruz

Rogério Cruz é carioca de Duque de Caxias no Rio de Janeiro, tem 54 anos, chegou a Goiânia em 2010, formado em Gestão Pública, casado, pai de dois filhos. É radialista, administrador, Pastor da Igreja Universal, tendo participado de missão em Moçambique por 16 anos, sendo responsável pela implantação dos meios de comunicação da tv e rádio Record, foi eleito Vereador por Goiânia pela primeira vez em 2012, reeleito em 2016.

Rogério Cruz é do Partido Republicano, fundado em 2003 pelo então vice-presidente da Republica José Alencar, fez parte da base aliada governista de Michel Temer e hoje faz parte da base do governo Bolsonaro. O partido Republicano está ligado intrinsecamente à Igreja Universal do Reino de Deus, de Edir Macedo, tendo como presidente o Bispo Marcos Pereira.

Para seu primeiro mandato foi eleito em 2012 pelo PRB com 7.774 votos, em 2016 reeleito com 8.312 votos. Portanto a escolha para Vice de Maguito Vilela (MDB) é estratégica, pois Rogério Cruz, na última eleição para vereador foi o único candidato ao pleito a ter votos em todas as urnas da capital, portanto sua capilaridade eleitoral é significativa. E também para que o Executivo tenha livre acesso entre os parlamentares para aprovação de seus projetos.

Na Câmara Legislativa de Goiânia Rogério Cruz é o 2º vice-presidente da Câmara, e participa nas comissões “Trabalho e Servidor Púbico”; “Ética e Decoro Parlamentar”; “Da pessoa com Deficiência”; “Dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes”; “Do Idoso” e “Comissão Mista”. 

Ao compor com Maguito, Rogério Cruz acredita que deverá fazer a interlocução entre o prefeito e o legislativo a fim de aprovação dos projetos de governo. Acredita no histórico de Maguito quanto ao cumprimento da vigência de todo o mandato para prefeito, mas se houver alguma impossibilidade de continuidade, então ele seguiria cem por cento de todo o plano de governo pré-estabelecido, o qual fora estudado por técnicos em todas as áreas. 

Mais do colunista Antonio Oliveira AQUI


Acesse nosso grupo no WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/JBJD6YZE0scBGAqHecmyD6
Conteúdo e Notícias
Leia a descrição

Inscreva-se



Instagram Siga nosso Instagram  

Curta a FanPage

Postar um comentário

Comentários