Banner

Em Novo Gama foram apreendidas mais de 5,5 toneladas de carne clandestina


Em mais uma operação deflagrada dentro do Programa Goiás Contra a Carne Clandestina, foram apreendidas mais de 5,5 toneladas de produtos de origem animal impróprios para o consumo. A operação ocorreu terça e quarta-feira, 3 e 4/3, em Novo Gama, mobilizando o Ministério Público de Goiás (MP-GO) e órgãos parceiros no projeto

O balanço da ação aponta a apreensão de 5.669 quilos (kg) de produtos de origem animal irregulares nos locais visitados no município, incluindo pescados, segundo dados da Agrodefesa, e das Vigilâncias Municipal e Estadual.

Foram inspecionados, ao todo, 29 estabelecimentos, dos quais 23 tiveram algum tipo de ocorrência.


Os produtos apreendidos foram inutilizados e descartados. Os estabelecimentos comerciais que foram fiscalizados poderão apresentar defesa e terão oportunidade para se adequar, continuando a ser monitorados pela fiscalização local.

A ação foi articulada pela Área do Meio Ambiente e Consumidor do Centro de Apoio Operacional do MP-GO, que coordena o programa, em conjunto com a 1ª Promotoria de Justiça de Novo Gama, que tem como titular a promotora Cláudia Gomes

A iniciativa teve como objetivo combater o abate e a comercialização de produtos de origem animal clandestinos (sem inspeção, sem rotulagem, com prazo de validade vencido, fora dos padrões de higiene, entre outras irregularidades).


Participaram, em conjunto com o MP-GO, a Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa) e Vigilâncias Sanitárias Estadual e Municipal, além da Superintendência de Polícia Técnico-Científica, Polícias Civil e Militar. Fonte: Cristiani Honório e Ana Cristina Arruda/Assessoria de Comunicação Social do MP-GO – Fotos: Equipe de fiscalização
__________




Para ver mais vídeos do Canal da Lucieni, se inscrevam:
Post: Lucieni Soares

Postar um comentário

Comentários