Anápolis: Resgate de animais

julho 19, 2018
Por Danielly Chaves

Oi, gente, mas oi mesmo! Tudo bem? Existem animais abandonados que precisam de lar, ração e cuidados veterinários, geralmente, eles encontram-se doentes, feridos e acidentados. Órgãos públicos e ONG’s são entidades que cuidam desse resgate e reabilitação.
Desde criança Seliane resgata animais na rua
A “SOS Animais Anápolis” é uma ONG que trabalha com esse propósito. Seliane Santos, uma das diretoras, são cinco no total, resgatou, no início desse mês, o Ventania, um cavalo com fraturas gravíssimas, caso que repercutiu na cidade.

Uma pessoa entrou em contato comigo no Facebook e pediu ajuda. Esse é o quarto cavalo que resgato. Todos estão na chácara da minha amiga Floriza, em Branápolis.”
Ventania está no Hospital Veterinário da Faculdade Anhanguera, em estado grave. Seliane já gastou mais de dois mil reais com ele. “Muita gente ajuda com doação, mas a maioria sai do meu bolso”, disse.
Esse é o Ventania, ele tem fraturas gravíssimas
Amor pelos animais

O primeiro animal que Seliane resgatou, ainda quando criança, foi uma coruja. “Minha mãe brincava, dizendo que coruja não trás sorte.” Seliane foi crescendo e recolhendo da rua cachorros e gatos.

Já foram inúmeros animais que ela resgatou, cada um com uma história diferente.

O Rodrigo é um cachorro cadeirante que a diretora da ONG encontrou próximo à churrascaria “Los Pampas”. Após cuidados, conseguiu adoção para ele com uma família que já tem cinco cachorros especiais.

A Clara foi uma cadelinha que sofreu estupro. “Ela ficou toda machucada, perdeu o controle do esfincter (ânus) e da vagina.” Infelizmente, não sobreviveu. “O animal quando passa por isso é igual ao ser humano, entra em depressão.”

Certa vez, Seliane resgatou 21 filhotes de cachorro de uma só vez. “Eles estavam magros e doentes, perdi três, o restante sobreviveu.”
Seliane não mede esforços para resgatar animais
A cada dia aumenta a demanda da ONG. Seliane fez uma poupança e registrou a entidade, a fim de melhorar a estrutura. A “Patas Solidárias” ainda não tem abrigo e os animais moram em lares temporários.

As diretoras da entidade juntamente com o “Centro de Controle de Zoonoses” fazem de tudo para oferecer o melhor. Contudo, a despesa é grande.

Alguns casos viralizam na internet e vão parar na televisão o que favorece o aumento das doações. Porém, no dia a dia, o trabalho é grande para conseguir recursos. Eles precisam de ração, medicamentos etc…

É um trabalho bonito que merece ser valorizado: “Tem gente que desenvolve o amor pelos bichos depois de um trauma ou depressão. Eu não, desde criança gosto de animais, acho que herdei isso do meu pai”, declara Seliane.

E você também se preocupa com os animais? Você pode ajudar, a entidade precisa de inúmeros materiais. Entre em contato pelo telefone: 62 9 9491-6284 ou Instagram: SOS Animais Anápolis

Obrigada por acompanhar o Blog.
Um grande beijo e até o próximo post.
Veja esse outro post, também é sobre animais: O amor pelos gatos

Me siga nas redes sociais
Youtube: Moda e Estilo Rouge
Facebook: Danielly Chaves
Twitter: @danielly_chaves
Instagram: @daniellychaves
_____________________


Post: Lucieni Soares
Próxima Postagem
« Próxima
Postagem Anterior
Anterior »

Comente com o Facebook: