NOTA DE ESCLARECIMENTO: Auxiliares de Atividades Educativas de Goiânia

fevereiro 24, 2018

Somos um grupo de Auxiliares de Atividades Educativas que inconformados com o descaso da Prefeitura de Goiânia, que lançou um EDITAL N. 001, de 22 de março de 2016 no qual citava o vencimento de R$ 956,77 + Adicional de Incentivo Funcional correspondente a 30% (trinta por cento) do vencimento do Nível/Referência inicial do cargo. Adicional esse que nunca foi pago!

Diante disso, o Auxiliar Cássio deixou o conformismo de lado e decidiu fazer a sua parte.

O movimento iniciou-se nas redes sociais, foi formado um grupo no WhatsApp, o link do grupo foi disponibilizado de forma pública nos grupos de aprovados do concurso no facebook, imediatamente várias pessoas aderiram ao grupo de whatsapp.

Para auxiliar na organização do movimento, montamos uma comissão formada somente por Auxiliares.

Principalmente aqueles que estiverem presentes em todas nossas ações.

Neste grupo foi decidida no mês de Fevereiro a data de uma paralisação dos Auxiliares para dia 05 de março. A primeira ação coletiva do grupo foi enviar mensagens para os jornais da capital questionando e cobrando uma postura da Prefeitura de Goiânia.

Conseguimos uma entrevista com a TV Record dia 04 de fevereiro (Domingo) com a repórter Manuela Queiroz do Programa Direto da Redação, onde reunimos 30 auxiliares em frente à Secretaria Municipal de Educação.

No dia 05 de fevereiro o auxiliar Antônio Oliveira publicou um texto no Site “O Centroeste” sobre a Mobilização dos Servidores da Educação de Goiânia. Segue o link:
http://www.ocentroeste.com.br/2018/02/mobilizacao-dos-servidores-da-educacao.html


Cassio buscou apoio na Câmara de Vereadores de Goiânia e o dia 22/02 o auxiliar Bruno Prates falou durante 10 minutos aos Vereadores de Goiânia, que prometeram cobrar da prefeitura nosso direito.

Existe uma denúncia anônima no Tribunal de Contas do Município sobre o fato da prefeitura antes do concurso já havia calculado o impacto do nosso adicional aos cofres do município.

Ressaltamos que já temos jurisprudência a favor, uma vez que a Juiza Jussara já determinou que a prefeitura pagasse a uma auxiliar o adicional de 30% que lhe é de direito juntamente com o retroativo.

Como podem perceber já realizamos diversas ações, algumas delas de cunho individual, entretanto, “um sonho que se sonha só é só um sonho, mas sonho que se sonha junto é realidade”. Por isso precisamos do apoio de todos os AUXILIARES DA EDUCAÇÃO DE GOIÂNIA.

Sobre a paralisação, infelizmente os sindicatos marcaram outras paralisações próxima a nossa data, respeitamos todos os movimentos e entidades dos trabalhadores da educação, por esta razão, achamos apropriado remarcarmos a data da nossa ação, porém o nosso movimento já tomou uma enorme proporção e graças ao apoio de todos ficou decidido manter a data da PARALISAÇÃO para DIA 05 DE MARÇO ÀS 9 HORAS EM FRENTE À SECRETÁRIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO.

>ANTERIOR DE ANTÔNIO OLIVEIRA<

Acesse e veja mais conteúdo por >Antônio Oliveira<
_________


TWITTER             InstagramSiga nosso Instagram

Curta a FanPage
Próxima Postagem
« Próxima
Postagem Anterior
Anterior »

Comente com o Facebook: