Em entrevista Roberto do Órion defende uma “gestão moderna”

15.10.16

Em entrevista concedida ao Blog O Centroeste e ao Portal 7minutos Roberto do Órion candidato do PTB, se coloca como via diferencial para administrar Anápolis em confronto com a atual administração do prefeito e candidato que disputa consigo o segundo turno. Roberto do Órion faz questão de enfatizar sua experiência na Conab, defendendo um novo modelo de administração pública colocando a necessidade de a gerir aos moldes da administração privada, com responsabilidade fiscal, inovação e transparência. Fala ainda que pretende implantar a gestão compartilhada com a Saneago da água na cidade.

Roberto do Órion defende uma “gestão moderna”, ou seja, a modernização e desburocratização das empresas públicas, e cita pesquisa¹da eficiência de gestão do jornal “Folha de São Paulo” em que o município de Anápolis obteve classificação 4733º “ineficiente”, dentre as cinco mil cidades pesquisadas. E para mudar este quadro acredita que a implantação de ferramentas eficientes criadas na própria administração pública, como o SEI (Sistema Eletrônico de Informação), utilizado por autarquias públicas seria importante. Roberto acredita que o SEI diminuiria a dispersão de recursos e desburocratizaria, fazendo com que haja transparência e economia, aumentando a fiscalização e eliminando a corrupção e os gargalos dos processos, deixando-os contínuos, exemplificando que já colocou em prática este tipo de gestão na Conab. Também deseja implantar a municipalização da rede de água e esgoto da cidade, de acordo com sua visão para solucionar as faltas de água na cidade é necessário gestão compartilhada com a Saneago para que possa viabilizar a divisão da água e do esgoto. Outra empresa faria a gestão do esgoto através de concorrência pública, e através dos recursos auferidos desta, construiria uma estação de captação de água em parceria com a própria Saneago, a exemplo de outras cidades de Goiás.

Roberto do Órion se abstém do apoio do Governo do Estado para a realização dos seus projetos, apesar de contar com este apoio, pois acredita que o mais importante é estar ao lado do povo, e também diz que ser gestor é diminuir desperdícios do setor público enxugando e modernizando a maquina pública sem no entanto levar ao desemprego, também pede que os eleitores estudem e avaliem seus candidatos.



(Texto: Antonio Oliveira, edição vídeo: Gabriel Duarte)

Postagens

Anterior
« Anterior
Próxima
Próxima »

Comente com o Facebook: