HUANA promove Blitz Educativa

18.5.17

"Precisamos falar sobre segurança no trânsito". Essa é a proposta do movimento Maio Amarelo. Nesse objetivo, o Hospital de Urgências de Anápolis Dr. Henrique Santillo (Huana) realiza na próxima segunda-feira, 22, às 9h, na Avenida Brasil (em frente ao Huana), uma blitz educativa em apoio ao movimento. A ação tem apoio da Companhia Municipal de Trânsito e Transportes de Anápolis (CMTT), DETRAN-GO, UEG, PRF e SEST/SENAT

O objetivo da ação é reduzir a ocorrência dos acidentes de trânsito considerados evitáveis, devido a imprudências, como: dirigir sob o efeito de álcool, o excesso de velocidade, não uso do capacete, do cinto de segurança e das cadeirinhas. A atividade contará com uma blitz educativa, momento que serão distribuídos panfletos informativos, laços amarelos, camisetas, lixocar e orientações a população quanto a atenção e segurança no trânsito. 

Maio Amarelo  
O Maio Amarelo é uma ação que ocorre no Brasil, e em outros 25 países dos cinco continentes, com a intenção de colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos: órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada para efetivamente discutir o assunto, engajar-se em ações e propagar o conhecimento, abordando toda a amplitude que a questão do trânsito exige, nos mais diferentes setores. 

A ideia da campanha é colocar o assunto em pauta no dia a dia das pessoas com atividades de conscientização e debates sobre os riscos no trânsito e a importância de ações individuais. Anualmente, cerca de 43 mil pessoas morrem no trânsito no Brasil, de acordo com o movimento. Para tentar mudar esse cenário, o Maio Amarelo acredita que é necessário unir órgãos públicos, associações, empresas e sociedade civil. 

Números 
No ano de 2016, o Huana realizou 4.073 atendimentos de urgência e emergência às vítimas de acidentes de trânsito. Os atendimentos a acidente de trânsito demandam, geralmente, procedimentos cirúrgicos em ortopedia/traumatologia, que no período de janeiro a dezembro de 2016 chegaram ao número de 4.606, representando 74,12% do total de procedimentos cirúrgicos realizados pela unidade. 

Postagens

Anterior
« Anterior
Próxima
Próxima »

Comente com o Facebook: